sexta-feira, 31 de outubro de 2014

No mês da Consciência Negra o Espetáculo Lenda das Yabás volta a cartaz no Teatro XVIII - Pelourinho




Através das lendas de sete Yabás: Yansã, Obá, Ewá, Oxum, Nanã, Otim e Yemanjá o espetáculo Lenda das Yabás trás a tona a ancestralidade da cultura Afro valorizando a oralidade das personagens trazendo os orixás em forma humana.


O QUE: Espetáculo “Lenda das Yabás”


ONDE: Teatro XVIII (Ladeira de São Miguel, 18 - Pelourinho Salvador – BA)

INGRESSOS: R$ 30, (Int.)/ R$ 15, (meia) – Classificação: 14 anos

CONTATOS: 71- 3018-7122/ 3328-3628 – www.lendadasyabas.blogspot.com.br

RESUMO SOBRE O ESPETÁCULO:


O espetáculo Lenda das Yábás traz os Orixás em forma humana e sua dramaturgia valoriza a oralidade das personagens que instauram diálogos e ações entre si. O fenótipo também é algo que se destaca na encenação que tem texto e direção de Fábio S. Tavares (Escombros, Benedita, Fogueira) e apresenta a história da ancestralidade da cultura afro-brasileira utilizando-se das lendas de sete Yabás: Yansã, Obá, Ewá, Oxum, Nanã, Otim e Yemanjá descrevendo a fúria de um Deus (Olorum) que age de acordo com suas emoções.

A história criada por Tavares se localiza num passado e tempo indefinidos onde revoltado com a destruição e discórdias que os homens vêm causando a aiê (Terra) Olorum infertiliza as mulheres (as Yabás) e prende a chuva para que a terra fique seca causando a extinção da raça humana. Exu, que consegue chegar a Olorum tornando-se guardião do segredo que poderá salvar os homens e a Terra da destruição aproveitando-se da situação e ao longo de toda história causa diversas armadilhas buscando a vingança pelo mau que os homens lhe causaram exigindo festa e comida para revelar o segredo até que Oxalá vem ao reino de Xangô para selar a paz entre Olorum e os homens transformando-os em orixás e conscientizando os Seres que ali antes viviam sem valorizar o que lhes é dado de forma generosa pelo Deus Maior  frisando que todo ser vivo possui uma parcela divina sendo capaz de se conectar com Deus com base nas suas energias e ações emitidas.  

O elenco é composto pelos atores da Companhia de Teatro Terra Brasilis: Aline Barbosa, Agnaldo Meu Rey, Cassius Fabian, Thainara Meireles Gessica Oliveira, Carlos Henrí, Janira Bomfim, Marisa Andrade, Lucianno Monteiro, Leo Zuanes, Luis Reis, Thami Araujo, Nívea Werneck e Rafael Charrete.


                                                                

Centro Cultural Ensaio/ Ensaio Produções Artística
 Av. Leovigildo Filgueiras nº 58 Garcia/ Salvador-Ba - 40100-000

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

RELEASE - Espetáculo “Lenda das Yabás” no Teatro XVIII - Pelourinho


Espetáculo “Lenda das Yabás” no Teatro XVIII - Pelourinho

 
 
15:33
 
 Fotos
Para: alana_dancacontemporanea@hotmail.com


  
  

RELEASE - Espetáculo “Lenda das Yabás”  no Teatro XVIII - Pelourinho


Através das lendas de sete Yabás: Yansã, Obá, Ewá, Oxum, Nanã, Otim e Yemanjá o espetáculo Lenda das Yabás trás a tona a ancestralidade da cultura Afro valorizando a oralidade das personagens trazendo os orixás em forma humana.


O QUE: Espetáculo “Lenda das Yabás”


ONDE: Teatro XVIII (Ladeira de São Miguel, 18 - Pelourinho Salvador – BA)

INGRESSOS: R$ 20, (Int.)/ R$ 10, (meia) – Classificação: 16 anos

CONTATOS: 71- 3018-7122/ 3328-3628 – www.lendadasyabas.blogspot.com.br

RESUMO SOBRE O ESPETÁCULO:


O Espetáculo Lenda das Yabás volta a cartaz em curta temporada, as apresentações acontecerão no em 02, 09, 16, 23 e 30 de Agosto/ 06, 13, 20 e 27 de Setembro às 19:30h no Teatro XVIII ( - Sala 14) sempre aos Sábados.   

O espetáculo traz os Orixás em forma humana e sua dramaturgia valoriza a oralidade das personagens que instauram diálogos e ações entre si. O fenótipo também é algo que se destaca na encenação que tem texto e direção de Fábio S. Tavares (Escombros, Benedita, Fogueira) e apresenta a história da ancestralidade da cultura afro-brasileira utilizando-se das lendas de sete Yabás: Yansã, Obá, Ewá, Oxum, Nanã, Otim e Yemanjá descrevendo a fúria de um Deus (Olorum) que age de acordo com suas emoções.

A história contada pelos atores da Companhia de Teatro Terra Brasilis se localiza num passado e tempo indefinidos onde revoltado com a destruição e discórdias que os homens vêm causando a aiê (Terra) Olorum infertiliza as mulheres (as Yabás) e prende a chuva para que a terra fique seca causando a extinção da raça humana. Exu, que consegue chegar a Olorum tornando-se guardião do segredo que poderá salvar os homens e a Terra da destruição aproveitando-se da situação e ao longo de toda história causa diversas armadilhas buscando a vingança pelo mau que os homens lhe causaram exigindo festa e comida para revelar o segredo até que Oxalá vem ao reino de Xangô para selar a paz entre Olorum e os homens transformando-os em orixás e conscientizando os Seres que ali antes viviam sem valorizar o que lhes é dado de forma generosa pelo Deus Maior  frisando que todo ser vivo possui uma parcela divina sendo capaz de se conectar com Deus com base nas suas energias e ações emitidas.  

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Última apresentação -Lenda das Yabás


Vamos lá galera, a última apresentação da temporada, sábado 31/05 no Teatro XVIII Pelourinho as 19:30.

quarta-feira, 5 de junho de 2013


COMÉDIA A4 EM CARTAZ NO CCE



 O QUE: Espetáculo Comédia A4 

QUANDO: 16 de Junho às 18:h. - Domingo (Única Apresentação) 

ONDE: Sala de Teatro do Centro Cultural Ensaio (Centro Cultural Ensaio Av. Leovigildo Filgueiras, 58 Salvador, BA) 

INGRESSOS: R$ 10, (int.) – R$ 5,00 (meia) – Classificação: 16 anos 

CONTATOS: 71- 3018-7122/ 3328-3628 – www.lendadasyabas.blogspot.com.br  



SOBRE O ESPETÁCULO:


Dentro do projeto “CentralZona da Comédia” o Espetáculo Comédia A4 realiza uma única apresentação no Centro Cultural Ensaio no dia 16 de Junho às 18hs. Com direção de Fábio Tavares (Lenda das Yabás, Escombros) os atores Allex Miranda, Natalyne Santos e Rafael Manga se revezam no palco, utilizando o humor para prender a atenção e estimular a participação do público. A peça traz diversas personagens e situações que fogem do politicamente correto contando com um elenco que sente-se livre para improvisar numa comédia leve buscando a descontração e o humor para fazer o público cair nas gargalhadas!